Busca

Google
 

domingo, 9 de setembro de 2007

Cavaleiros do Forró: a nova paixão nacional

A intimidade da banda que encanta o Brasil

Já imaginou tocar forró em cima de um trio elétrico? Pois o Cavaleiros do Forró foi a primeira banda do gênero a realizar essa façanha, neste ano, em Feira de Santana (BA). E, claro, ganhou o coração da galera. Há cinco anos na estrada, a banda que nasceu em Natal, capital do Rio Grande do Norte, já gravou dez CDS, com mais de 2 milhões de cópias vendidas, e quatro DVDs (dos quais Elétrico vendeu 25 mil cópias e Forró, 100 mil). Resultado: no domingo, 26, o grupo que já faz sucesso no Norte e Nordeste, e planeja turnê pela Europa, recebeu, no Domingão do Faustão, um disco de diamante pelo DVD Cavaleiros do Forró - Volume 3, lançado há 15 dias. Ele foi gravado em Caruaru (PE), diante de um público de 120 mil pessoas. Um verdadeiro fenômeno!


foto Sandro Menezes
Eliza, Ramon, Jailson e Bell, os vocalistas do Cavaleiros contam aqui como começaram suas carreiras e outras curiosidades que todo mundo quer saber.


Eliza Clívia - "Eu queria ser freira". A frase da única mulher do grupo surpreende. Pois é, quando criança, Eliza, hoje com 27 anos e namorada de Jailson, acompanhava muitas novenas e louvores cantando. E tinha certeza de que seguiria a vocação religiosa. Até que... "Um dia, meu pai (Pedro Ângelo Maranhão), que era sanfoneiro, falou: 'Menina, você é muito da afinada!' Aí, comecei a ensaiar com ele e um grupo de teclados. Desde então, não parei mais". De lá para cá, a gata trabalhou em outras bandas que tocavam pelo Nordeste e, em 2003, a pernambucana, nascida em Livramento, entrou para o Cavaleiros do Forró. Sorte dos fãs, né? "Quando me envolvi com a música, deixei a idéia de ser freira de lado. Porém, ainda sou religiosa e devota de Nossa Senhora de Fátima", diz Eliza, feliz da vida.

Ramon Costa - Antes de ser cantor, o ídolo de 25 aninhos era motorista de caçambas e operador de tratores. Ele nasceu em Natal (RN), e sempre cantarolava para si mesmo ou para os amigos. Mas, felizmente, um dia tudo mudou. "Tentei estudar violão, mas não saía nada, só o canto. Foi quando meu cunhado Geilson Andrade começou a tocar em barzinhos e entrei para o grupo dele" explica Ramon.
A banda, porém, durou pouco, mas surgiram outras. Numa delas, além de cantor, ele era o motorista da Kombi que transportava a turma. "Foi numa dessas minhas aventuras que o empresário Alex Padang, também produtor do Cavaleiros do Forró, me encontrou. Ele teve que me ligar umas cinco vezes para eu acreditar que era ele, pois não levava a sério. Pensei que era trote", relembra o fato, às gargalhadas. Ramon já está há três anos no Cavaleiros. Ele chegou numa época difícil, quando dois integrantes do grupo, o cantor Inácio e o guitarrista Edivan sofreram um acidente fatal de carro em Goianinha (RN).
Jailson Santos - Não é que ele era empacotador de supermercados em Conceição (PB)? Pois e dos bons! Nas horas vagas, Jailson, hoje com 29 anos, cantava em pequenos grupos de forró e foi o responsável pelo ritmo vaneirão, cantado nos shows do Cavaleiros. "Na minha família, são três homens e uma mulher, e nenhum deles quis saber de música. O conselho era que isso não dava dinheiro e tinha que estudar, por isso o emprego no supermercado. Mas nunca desisti da música", contou Jailson. O esforço, com certeza, valeu a pena!
Bell Oliver - Ele, que é um dos integrantes mais novos da banda, entrou para a trupe em setembro de 2005. Por ser de uma família tradicional de Maceió (AL), foi obrigado a estudar primeiro para depois pensar em música. Contudo, o alagoano de 29 anos se esforçou e, com o incentivo da mãe, Rebeca Oliveira Cavalcante, se formou em administração. "Até que um dia, pintou uma oportunidade musical. Comentei com minha mãe que estava sem coragem de aceitar, mas ela disse: 'agora você vai, né? (risos)'", explica o músico. Porém, antes de entrar para a banda, o rapaz passou por uma barra extremamente difícil. Anos atrás, ele descobriu um tumor na perna que o deixou por um longo tempo sem poder andar, muito menos subir aos palcos. Guerreiro como ele só, Bell lutou, venceu a doença e hoje esbanja saúde ao lado dos amigos nos palcos de todo o País.

BATE-PAPO

Os ídolos da banda
Eliza - Curto Elba Ramalho e Djavan.
Ramon - Tudo o que estiver rolando eu gosto, não tenho um artista predileto. Mas gostei bastante do mais recente CD de O Rappa.
Bell - Ouço Ed Motta e Ana Carolina.
Jailson - Costumo ouvir de tudo, mas adoro Elba Ramalho, Fábio Jr. e Roberto Carlos.
Show inesquecível
Eliza - O do primeiro DVD que gravei com o Cavaleiros, em 2003. A banda já existia e era a primeira vez que eu estava no palco com ela. Foi no Maranhão Forró Fest, onde mais de 80 mil pessoas estavam presentes.
Ramon - Pra mim, foi o da gravação do primeiro DVD, no Rio Grande do Norte, na minha terra.
Bell - Foi em Natal, no meu primeiro show. A galera não esperava um cantor novo na banda e todos me receberam surperbem.
Jailson - O segundo DVD, em João Pessoa (PB). Foi um mundaréu de gente e isso é muito gratificante.
Para dançar forró é preciso...
Eliza - Remelexo, um bom paraibano ou quem saiba dançar. E tem que ter fôlego!
Ramon - Molejo! E uma mistura de baiano, carioca, cearense... tem que ser brasileiro!
Bell - Não precisa muita coisa, não. Só alegria e uma boa parceira. Mas eu não danço nada (risos).
Jailson - Sou muito duro (risos). Por isso, só dou dois pra lá e dois pra cá.
Fama é...
Eliza - Algo passageiro. Tem que aproveitar o momento da melhor forma possível.
Ramon - Não acho que a fama seja uma coisa difícil de manter. Mas você pode se queimar se não souber lidar com ela.
Bell - Para mim não é tudo. Mas é o reconhecimento do trabalho de um artista.
Jailson - Fama vem do trabalho. O segredo é nunca botar na cabeça que o sucesso é tudo.
Ainda falta...
Eliza - Trazer a minha família para morar comigo em Natal.
Ramon - Ficar bem velhinho, sentado na varanda de uma casa no interior com a família do lado e tomando chá.
Bell - Estabilidade, é ruim cair no anonimato.
Jailson - Tenho tudo, sou um cara administrador e já dei até uma casa para a minha mãe.


Fonte: Tititi

6 comentários:

alana disse...

adoro vcs do cavaleiros do forro acho vcs otimos cantores
vcs fazem muito sucesso q continuem sempre assim. adoro vc ramon e eliza tambem vcs dois tem uma voz linda encantadora adoro d+ mesmo vcs. amo mas ainda vc ramon quando vc canta a musica strep dos cavaleiros vc é lindo d+.vc tem um corpo lindo e um cabelo maravilhoso. q Deus abençoe todos vcs do cavaleiros.e muito mas sucesso cada dia mas.

alana disse...

adoro va ramon lindoooooooooo!

camila disse...

concordo com essa Alana
Eliza E Ramon são lindos e tem uma voz linda Ramon vc é o ms lindo da banda o ms gostoso quer passar uma noite na minha cama comigo gostoso todo bom e quando vc for cantar a musica strip tira a roupa toda fica nú que eu quero ver o produto mas se vc for la em casa passar uma noite comigo eu faço tudo que vc quiser te amo Ramon.

Anônimo disse...

em primeiro lugar eu adoro cavaleiros do forro principalmente o ramon ele tem uma voz linda ele e muito gostosão eu gostaria de conhecelo e si ele mi der a oportunidade disso sei que nao vai mais se arrempeder disso quero que ele saiba que eu e minhas amigas nois adoramos ele achamos muito lindo e nois te amamos xauu bjo na boca de ramom xau meu gato

rejane disse...

AMO DE PAIXAO O GRUPO CAVALEIROS DO FORRO,ADORO VOCES E O MEU SONHO É IR AO UM SHOW DE VOCES,DESEJO MUITO SUCESSO BJSSSSSSSSSS,

jane disse...

eu amo cavaleiros de todo coracao de toda minha alma.obrigado por existirem.amoooooooooooooooo vcesssssssssssss